» » De nada ou por nada: Como responder a um Agradecimento?

De nada ou por nada: Como responder a um Agradecimento?

Quando desejamos ser cordiais, é comum que queiramos fazer isso da melhor maneira, inclusive de acordo com as regras formais do nosso idioma. Pensando nisso, nesse post você confere informações sobre de nada e por nada, para entender qual usar.

De nada ou por nada?

Nesse caso, ambos estão corretos e automaticamente podem ser utilizados seguindo as normas do português, sendo possível que o receptor entenda a mensagem que você deseja passar. Contudo, especialistas nos estudos acerca do idioma, afirmam que “por nada” seria a melhor forma.

Isso porque quando alguém nos agradece, faz isso por tudo e não de tudo, por exemplo. Mas ainda assim, não há nenhum critério que torne errado o uso do “de nada”, propiciando que ele seja utilizado até mesmo em ambientes formais e trabalhos acadêmicos.

Diferença entre de nada ou por nada

A grande diferença entre os termos está na impressão que cada um deles passa, uma vez que por nada soa de modo mais formal, enquanto de nada demonstra certa proximidade e até mesmo carinho a pessoa com quem nos agradeceu anteriormente.

Por isso, vale a pena se atentar a forma que usa a expressão e, principalmente, com quem a utiliza, a fim de que possa manter separações entre ambientes de trabalho e de amizades, por exemplo, evitando más interpretações.

Exemplos:

  • Por nada, não há pelo que agradecer.
  • De nada, disponha sempre que precisar.
  • Por nada, não fiz mais que a minha obrigação.
  • De nada, foi feito com muito carinho.

Atualizado em: 25/04/2022 na categoria: Como Escrever Corretamente