Concenso ou consenso

Entre as dúvidas mais comuns sobre a grafia e pronúncia das palavras contidas no vocabulário da língua portuguesa, o acerto entre o uso das palavras concenso ou consenso é um dos mais recorrentes, principalmente pelo uso inadequado de uma letra, apenas.

Assim, a forma correta de se escrever a palavra possui uma forma, somente, e é com a letra “s”, portanto, “consenso”. O uso da palavra com a letra “c” está incorreto.

Concenso ou consenso

O uso da palavra consenso

A palavra é um substantivo masculino e ela deve ser sempre usada à medida que surge a necessidade de uso ao se referir a um acordo ou a uma concordância de ideias, podendo ser, também, sinônimo de unanimidade, conformidade e entendimento.

Outros significados para a palavra giram em torno de consentimento, ou seja, uma anuência, aprovação e aquiescência, além de algo que seja relativo ao senso comum, do bom senso.

Alguns exemplos de uso que podem ser aplicados à palavra consenso



  • Venho pedir seu consenso para casar com sua filha.
  • Só aceitaremos as sugestões que forem apresentadas em consenso por todos.
  • Na reunião do condomínio todas as soluções para os problemas foram decididas em consenso.
  • É do consenso popular que a união faz a força.

A origem da palavra consenso

A origem da palavra é fundamentada nos rigores do latim, fruto de consensus. Dessa forma, ela deve ser escrita com “s”, e não com “c”, na segunda sílaba, ficando con-sen-so.

Existem outras palavras similares que seguem a mesma regra de grafia, como consenso, consensual, consensualidade e consensial, entre uma série de outras palavras.