» » » Vez ou vês

Vez ou vês

Será que o certo é usar vez ou vês? Veja a diferença de cada uma!

Para uso cotidiano, ambas as palavras existem e podem ser pronunciadas e grafadas na língua portuguesa. No entanto, cada uma possui um significado diferente e, portanto, devem ser usadas da maneira correta e não em qualquer situação.

Vez ou vês

“Vez” é um substantivo feminino e tem como significado a indicação de uma ocasião, tempo, momento ou oportunidade. Ela pode ter sinônimos que a fazem se referir, também, a uma alternativa, quantidade ou turno.

“Vês”, por sua vez, nada mais é que a conjugação do verbo “ver”, estando a palavra na 2ª pessoa do singular, do presente do indicativo. Ou seja: “tu vês”.

Exemplos de uso da palavra vez

  • Esta é a sua vez de brilhar!
  • Era uma vez um castelo onde vivia um príncipe encantado.
  • Você deverá tomar seus remédios uma vez por dia.
  • Se você sair da fila, vai perder sua vez.

Origem da palavra vez

Sua origem é derivada do latim vice. Entre seus sinônimos: chance, época, tempo, hora, turno, parcela, alternativa e escolha, entre outras.

No dia a dia, pode ser usada da seguinte forma: era uma vez, certa vez, de uma vez por todas, em vez de, de vez em quando e uma vez ou outra, entre uma série de outras oportunidades.

Conjugação do verbo ver no presente do indicativo

(Eu) vejo

(Tu) vês

(Ele) vê

(Nós) vemos

(Vós) vedes

(Eles) veem

Exemplos de uso da palavra vês

  • Tu vês o que eu vejo?
  • Não vês que estou sempre ao teu lado?
  • Às vezes eu acho que tu só vês o lado negativo das situações.

Origem da palavra vês

Ela também é derivada do latim, mas da palavra videre e seu uso deve ser sempre relacionado ao ato de enxergar, assistir, visitar, distinguir, observar, avaliar, lembrar, imaginar, descobrir e atender.

Atualizado em: 10/05/2018 na categoria: Acentuação, S ou Z