Home » Principais Dúvidas » Tiver ou estiver

Tiver ou estiver

Tanto tiver, quanto estiver, são palavras que existem no vocabulário da língua portuguesa e podem ser usadas sem medo de erro, com a ressalva de que cada uma tem o seu significado distinto. Portanto, embora similares e ambas existam, cada uma deve ser usada de acordo com a necessidade específica par ao significado de cada uma delas.

Tiver ou estiver

Ambas as palavras são formas verbais conjugadas na 1ª ou na 3ª pessoa, do singular, do futuro do subjuntivo. Assim, a palavra “tiver” é uma forma conjugada do verbo ter, enquanto “estiver” é uma forma conjugada do verbo estar.

Os verbos aqui estudados são muito corriqueiros no vocabulário cotidiano, e com sinônimos diversos para cada um. “Ter” pode se referir ao ato de possuir, sentir, conter, gerar, considerar, precisar, expressar, guardar, contrair e alcançar, entre outros.

Já “estar” pode se referir ao ato de se encontrar, marcar presença, estabelecer relações, partilhar opiniões, fazer, consistir, pertencer, vestir e custar, entre outros.

Vamos conferir, abaixo, alguns exemplos do verbo “ter” no futuro do subjuntivo, uma conjugação, portanto, de algo que poderá ocorrer, ainda:

(Quando eu) tiver

(Quando tu) tiveres

(Quando ele) tiver

(Quando nós) tivermos

(Quando vós) tiverdes

(Quando eles) tiverem

E, a seguir, a mesma conjugação, mas do verbo estar:

(Quando eu) estiver

(Quando tu) estiveres

(Quando ele) estiver

(Quando nós) estivermos

(Quando vós) estiverdes

(Quando eles) estiverem

Exemplos do verbo ter:

  • Quando ele tiver um carro novo, conseguirá chegar no trabalho mais cedo.
  • Quando eu tiver vontade de falar novamente sobre esse assunto, eu te aviso.

Exemplos do verbo estar:

  • Quando ele estiver pronto, me avise por favor.
  • Quando eu estiver de férias, vou viajar para Búzios.
  • A confusão entre estes dois verbos acontece porque é comum, numa linguagem informal, haver a supressão da sílaba inicial “es” – do verbo estar.