De Nada, Denada ou Dinada

A maneira correta de escrever essa palavra é “de nada”, separado.

O vocábulo de nada, dito geralmente em troca de um agradecimento, gera algumas dúvidas para muitas pessoas na maneira de escrevê-la, e também é comum vê-lo escrito como denada ou dinada, mas essas duas formas estão incorretas.

De nada é formado pela preposição “de'” e o substantivo “nada”, ou seja, por palavras diferentes. Por isso, essa expressão deve ser escrita separadamente.

Como já foi dito acima, “de nada” é dito sempre que uma pessoa nos agradece por algo, podendo ser substituído por outros termos, como “por nada”, “não tem de quê” ou “não por isto”.

Exemplos com De Nada




  • De nada, não foi incômodo algum regar suas flores;
  • Ela me agradeceu pelos chocolates e então eu respondi, timidamente: “de nada”;
  • Lembre-se de dizer “de nada” sempre que alguém lhe disser “obrigado”.

Sinônimos de “De Nada”

  • Não há de quê;
  • Não tem de quê;
  • Não seja por isso;
  • Eu que agradeço;
  • Nada;
  • Que nada;
  • Por nada;
  • Disponha.