Demais ou De Mais – Quando usar De Mais ou Demais

Demais e de mais existem na língua portuguesa e estão corretas, mas devem ser utilizadas para expressar significados diferentes.

Demais

Demais é um advérbio de intensidade utilizado para se referir a algo que é ou está em excesso, exagero, demasia. Também pode ter o mesmo sentido das expressões além disso e de resto, ou mesmo ser utilizado para se referir aos que restam, aos outros.

A palavra demais tem sua origem na expressão em latim demagis, sendo formada por meio da contração entre as palavras de e mais e pode ser também um pronome indefinido.

Exemplos com Demais:



  • “Júlia trabalha demais e dorme muito pouco.”;
  • “Você já brincou demais hoje, meu filho! Agora é hora de tomar banho.”;
  • “Não vou para festa, hoje. Demais, vou dormir cedo, pois tenho que trabalhar amanhã.”;
  • “Lívia e os demais colegas de faculdade entrarão de férias semana que vem!”;
  • “Você é linda, mais que demais, você é linda sim.” (Caetano Veloso);
  • “Eu não quero mais te amar demais.” (Ludmilla);
  • “A música Combina Demais de Maiara e Maraisa é viciante!”.

De mais

De mais é uma locução adverbial que exprime quantidade e é o oposto da expressão de menos.

Exemplos com De mais

  • “Você colocou queijo de mais na lasanha.”;
  • “Você comprou pães de mais hoje para o café.”;
  • “Luca tem brinquedos de mais em seu quarto.”;
  • “Você poderia doar parte de seu guarda-roupa, afinal tem roupas de mais!”;
  • “Devo comprar comida de mais ou de menos esse mês?”.

Pode te interessar:

Mas ou Mais – Quando usar

Amais ou A mais